$close

Filtros

Ver resultados

Online Mestrados em Engenharia civil 2022 na Europa

Muitos dos que seguem uma educação superior em engenharia acabam por seguir carreiras em engenharia civil, que envolvem a criação e manutenção de estruturas civis. Isto é feito nos setores público e privado.  Mesmo que meu frequentar as aulas de aprendizagem à distância on-line, várias universidades segurar início em vários locais. Você pode até mesmo parar de tomar aulas para… Leia mais

Muitos dos que seguem uma educação superior em engenharia acabam por seguir carreiras em engenharia civil, que envolvem a criação e manutenção de estruturas civis. Isto é feito nos setores público e privado.  

Mesmo que meu frequentar as aulas de aprendizagem à distância on-line, várias universidades segurar início em vários locais. Você pode até mesmo parar de tomar aulas para várias semanas durante o ano sem retirar e sem jogar seus empréstimos estudantis em reembolso. Esse é um argumento forte muitas pessoas olham quando se matricular em aulas a distância de aprendizagem.

Europa, um do mundo 's sete continentes, é geralmente conhecido como a península ocidental da Eurásia. Segundo menor continente, com 10.180.000 (km2), a área reúne 50 países.

Curso de Mestrado Online em Engenharia civil na Europa

Ler Menos
$format_list_bulleted Filtros
Ordenar por:
Recomendado Recentes título
Structuralia
Alcobendas, Spain +1 Mais

O Mestrado em Geotecnia da Structuralia é um programa que visa fortalecer, aumentar e consolidar os conhecimentos e competências em Engenharia Geotécnica dos profissionais dos ... +

O Mestrado em Geotecnia da Structuralia é um programa que visa fortalecer, aumentar e consolidar os conhecimentos e competências em Engenharia Geotécnica dos profissionais dos setores da construção, geologia e engenharia civil. Para o efeito, este programa explora os principais aspectos relacionados com esta disciplina num total de nove módulos. -
Master
Tempo integral
Meio período
12 meses
Inglês
Online
 
Structuralia
Alcobendas, Spain

Por que fazer um mestrado em análise estrutural e cálculo? O Mestrado em Análise e Cálculo Estrutural visa reforçar, aumentar e fortalecer os conhecimentos e competências dos ... +

Por que fazer um mestrado em análise estrutural e cálculo? O Mestrado em Análise e Cálculo Estrutural visa reforçar, aumentar e fortalecer os conhecimentos e competências dos profissionais da construção nas áreas de projeto, cálculo e dimensionamento estrutural em projetos de obras civis. Este programa é composto por módulos voltados ao cálculo estrutural de fundações, abóbadas, pórticos, telas, paredes, entre outros, através de métodos convencionais. Para além de fornecer o enquadramento teórico necessário, este programa de mestrado permitirá aos alunos a realização de uma diversidade de casos práticos e exercícios. Por fim, deve ser elaborado um projeto final de mestrado para que os alunos apliquem todos os conhecimentos adquiridos ao longo do curso. Programa Módulo I. Cálculo Estrutural Unidade-01 Tipos de Estrutura e Conexões Unidade-02 Análise de Estresse: Ações e Esforços Unidade-03 Dobragem, Cisalhamento e Flambagem Unidade-04 Aplicação de Conceitos Fundamentais Módulo II. Materiais de construção Unidade 1 Aço Em Construção Unidade 2 Concreto Em Construção Unidade 3 Madeira em Construção Unidade 4 Outros Materiais e Sustentabilidade Módulo III. Cálculo Estrutural de Obras Civis Unidade 1 Concreto Protendido Unidade 2 Passagem Inferior ou Obras Enterradas Unidade 03 Reservatório de Concreto Armado Unidade 04 Reservatório Metálico Módulo IV. Fundações Rasas Unidade 1. Estudo do Modo de Falha e Determinante Unidade 2. Notas Adicionais sobre Capacidade de Carga Unidade 3. Estado Limite de Utilização Unidade 4. Lajes, Poços, Aspectos Dinâmicos e Ambiente Offshore Dule V. Fundações Profundas. Pilhas Unidade 1: Conceitos Básicos e Estacas de Coluna de Terra Unidade 2: Pilhas de Fricção do Solo, Pilhas de Rocha e Grupos de Estacas Unidade 3: Cargas de trabalho e assentamentos de pilhas Unidade 4: Seleção de Pilha e Situações Raras Módulo VI. Pressão da Terra e Estruturas de Retenção de Terra Unidade 1: Teoria Unidade 2: Paredes Rígidas Unidade 3: Paredes Flexíveis Unidade 4: Considerações de Projeto Módulo VII. Sismicidade e resistência sísmica Unidade 1. Introdução e Caracterização da Ação Sísmica Métodos de Análise da Unidade 2 Unidade 3. Projeto Resistente a Sísmica. Metodologia e Requisitos Unidade 4. Aplicação. Casos práticos Módulo VIII. Projeto de planta industrial e arranha-céus Unidade 1 Projeto de Planta Industrial I Unidade 2 Projeto de Planta Industrial II Unidade 03 Cálculo e Projeto de Edifícios Altos I Unidade 04 Cálculo e Projeto de Edifícios Altos II Módulo IX. Reabilitação Estrutural Unidade 1 Conceitos Fundamentais Unidade 2 Patologias em Elementos Construtivos Unidade 3 Patologias da Ponte Unidade 4 Reparos e Reforços Projeto Final de Mestrado Módulo X (MFP) O programa está sujeito a possíveis atualizações e upgrades de conteúdo Faculdade A Diretora Lourdes Fernandez é engenheira civil (Estradas, Canais e Portos) com ampla experiência profissional dedicada ao cálculo de estruturas de concreto, metal e madeira. Atuou tanto no setor privado (com cálculo e projeto de galpões industriais, fazendas de gado, postos de serviço, fundações para máquinas especiais), quanto no setor público (tanto as coberturas de pavilhões esportivos de madeira quanto metálicas, pavilhões, estações de tratamento, etc. ). Atualmente, Lourdes trabalha como especialista freelancer na área de desenvolvimento de estruturas, hidráulica e execução de obras, o que lhe permite preparar e ministrar palestras altamente fundamentadas. Juan Claudio Gonzalez : É Engenheiro Civil (Estradas, Canais e Portos) com uma extensa carreira profissional dedicada ao cálculo de concreto. Atua no setor público há mais de 20 anos no projeto de fundações e prédios de concreto para ministérios no exterior, fundações de estruturas de teleféricos, prédios públicos, depósitos de abastecimento, tanques pluviais, fundações de aeroportos), bem como no setor privado setor com edifícios industriais, plataformas industriais de vários andares, tubos metálicos circulares de grande diâmetro em siderúrgicas, reatores biológicos, caldeiras metálicas, vasos de pressão, torres de transferência, elementos para levantamento pesado de peças de grande volume e tonelagem. Atualmente, Juan trabalha como especialista em cálculo estrutural no departamento de engenharia e projeto de uma empresa de construção de estruturas metálicas realizando tarefas como definir, calcular, modelar 3D e obter os planos para a fabricação de elementos estruturais para que possam ser produzidos no local oficina interna, otimizando assim os custos para a empresa. Alejandro Fernández é bacharel em Geologia pela Universidade de Oviedo, mestre em Engenharia Geológica pela Universidade de Leeds, mestre em Túneis e Obras Subterrâneas pela AETOS / UPM e certificado de Profissional de Gerenciamento de Projetos concedido pela Gerência de Projetos Instituto. Ele passou a primeira parte de sua carreira profissional no departamento de Fundações e Geotecnia da engenharia Mott MacDonald em Londres e ingressou no escritório técnico da Ferrovial Agromán em 2007, onde atualmente trabalha como gerente de projetos. Alejandro tem 15 anos de experiência internacional em projetos de grande escala e projetos construídos no Reino Unido, Estados Unidos, Canadá e Irlanda. Romain Goumy é Engenheiro Civil pela UPV e Ingénieur ETP pela ESTP de Paris. Desenvolveu toda a sua carreira profissional na área da Geotecnia. Começou na consultoria Atkins no Reino Unido e depois mudou-se para o Departamento de Geotecnia da TYPSA em Valência, onde continua a trabalhar até hoje. Sua experiência inclui o projeto, monitoramento e tratamento de levantamentos de campo, o projeto de elementos geotécnicos (fundações superficiais e profundas, taludes, contenção e estruturas de suporte) através de cálculos analíticos e interação solo-estrutura, além de terraplenagem e melhoramento do solo. Francisco J. Torrijo é Geólogo com Mestrado em Geologia e Doutorado. em Geologia pela UZ, PDD pela EOI, Engenheiro Civil pela AIU, Gemólogo pela UB, Mestre em Gestão e Administração de Empresas (MBA) pela ECA e Especialista em Pedagogia Universitária pela UPV. Torrijo desenvolveu a primeira parte de sua carreira profissional (desde 1997) na Proyex e GeoPayma, no Departamento de Geologia e Geotecnia, onde formou e trabalhou por 11 anos. Atualmente atua como professor (desde 2002) e Diretor Adjunto do Departamento de Engenharia de Terrenos da UPV (desde 2017), além de consultor e assessor, com experiência mundial, em projetos de pesquisa e construção relacionados à Engenharia de Terrenos. Francisco trabalhou no Equador, Inglaterra, Peru, Brasil, Argélia, Angola, Andorra e Espanha, entre outros países. Alejandra Revillas é Engenheira de Obras Públicas pela Universidade Politécnica de Madrid (UPM) desde 2010 e Engenheira Civil pela UAX desde 2012. Iniciou a sua carreira profissional numa pequena empresa de engenharia dedicada ao desenho e projetos relacionados com cimento e plantas industriais . Posteriormente, Revillas continuou seu trabalho no grupo Acciona nas áreas de estruturas Offshore, Portos e obras marítimas, onde obteve um alto grau de especialização. Atualmente possui mais de 9 anos de experiência no setor e atua como consultora na Advisian Group do Grupo WORLEY na área de obras industriais e portuárias. Alejandra publicou vários artigos sobre técnicas de trabalhos inovadores offshore e é membro do grupo de trabalho CIP-GT-07 "Projeto Sísmico de Obras Marítimas" para a criação de um guia de projeto específico promovido pela Associação de Técnicos Portuários e Costeiros, e pela Portos do Estado (Governo da Espanha). -
Master
Tempo integral
Meio período
12 meses
Inglês
Online
 
Structuralia
Alcobendas, Spain

Programa Módulo I: Políticas de Gestão Ferroviária e Conceitos Críticos de Construção Unidade 1. Projetos Ferroviários e Gestão da Qualidade Unidade 2. Financiamento da Infrae ... +

Programa Módulo I: Políticas de Gestão Ferroviária e Conceitos Críticos de Construção Unidade 1. Projetos Ferroviários e Gestão da Qualidade Unidade 2. Financiamento da Infraestrutura Ferroviária e Análise de Custos Unidade 3. Política Ferroviária da UE Unidade 4. Intermodalidade Unidade 5. Layout e Elevação da Ferrovia Módulo II: Construção de Infraestrutura Ferroviária Unidade 1. Fases geológicas e geotécnicas Unidade 2. A Plataforma e as Camadas Inferiores Unidade 3. Viadutos Unidade 4. Túneis Unidade 5. Movimento da Terra e Pequenas Obras de Alvenaria Módulo III: Instalações para Exploração Ferroviária Unidade 1. Operação e Exploração Ferroviária Unidade 2. Terminal de Passageiros Unidade 3. Terminal de Carga Unidade 4. Proteção Civil. Segurança e acesso Unidade 5. Serviços de Informação e Comunicação. Automação e Gestão Integral Módulo IV: Projeto e Construção do Sistema Ferroviário Unidade 1. Ferrovia Unidade 2. Eletrificação Unidade 3. Sinalização Unidade 5. Sistemas de Informação Módulo V: Aspectos Transversais da Gestão da Manutenção Ferroviária e Infraestrutura Principal e Técnicas de Manutenção da Via Unidade 1. Modelos e Planos de Manutenção Ferroviária. Operações e Exploração Ferroviária Unidade 2. Manutenção de Componentes de Infraestrutura Ferroviária Unidade 3. Manutenção da Superestrutura da Pista Unidade 4. Equipamento de Expansão, Controle e Supervisão de Soldagem Unidade 5. Acompanhar Avaliação de Qualidade Módulo VI: Técnicas de Manutenção de Eletrificação Unidade 1. Manutenção da Linha de Contato Aérea Unidade 2. Proteção e Manutenção Ferroviária Unidade 3. Controle dos Elementos de Suporte da Linha de Contato Aérea Unidade 4. Manutenção da Subestação de Tração Unidade 5. Resolução de avarias Módulo VII: Técnicas de Manutenção de Sinalização Ferroviária Unidade 1. Manutenção de Intertravamento, Blocos e Ctcs Unidade 2. Manutenção e Proteção do Circuito da Via Unidade 3. Manutenção de Passagem de Nível Unidade 4. Manutenção do Sistema (ATP - ERTMS) Unidade 5. Controle Remoto de Instalação de Segurança Módulo VIII: Técnicas de Manutenção de Sistemas de Telecomunicações Unidade 1. Meio de Transmissão: Cobre, Fibra Óptica, Sistema de Cabeamento, Microondas e Links de Rádio Unidade 2. Redes de Transporte e Radiocomunicações Unidade 3. Redes e Serviços de Dados Unidade 4. Redes e Serviços de Voz Unidade 5. Sistemas de Informação e Controle. Serviços multimídia e de valor agregado Sistema Ferroviário de Alta Velocidade Módulo IX: Singularidades do Projeto Ferroviário de Alta Velocidade, Construção e Técnicas Específicas de Manutenção Unidade 1. Infraestruturas de alta velocidade Unidade 2. Superestrutura Ferroviária de Alta Velocidade Unidade 3. Ferrovia de alta velocidade vs. Ferroviário Convencional. Principais Aspectos Diferenciais Unidade 4. Manutenção de Infraestrutura de Alta Velocidade Unidade 5. Manutenção de Superestrutura de Alta Velocidade Sistema de Metrô da Cidade Módulo IX: Projeto, Construção e Técnicas Específicas de Manutenção do Metrô da Cidade Unidade 1. Metrô da Cidade do Sistema Ferroviário da Cidade Unidade 2. Instalações Fixas: Energia, Sinalização, Entre Outros Unidade 3. Material Móvel de Metrô/Ferrovia da Cidade Unidade 4. Diferenças entre a manutenção do metrô/ferroviário da cidade e de outras explorações Unidade 5. Trabalhos de Manutenção Projeto Final de Mestrado Módulo X (MFP) O programa está sujeito a possíveis atualizações e upgrades de conteúdo Faculdade Diretor Mario Ferreiro Casa l é Engenheiro Civil Mestre, Mestre em Engenharia Civil e Especialista em Engenharia Ferroviária pela Universidade de Educação a Distância. É membro da Associação Espanhola de Transportes. Ferreiro Casal tem mais de 20 anos de experiência no setor ferroviário, especialmente em linhas de alta velocidade e metro/ferroviário urbano. Ele também possui amplo conhecimento de soluções de projeto e manutenção a serem aplicadas em sistemas ferroviários e participou de uma infinidade de projetos internacionais. Além disso, Mario participou do credenciamento e aprovação de importantes desenvolvimentos em materiais de pista. Ele tem sido um palestrante proeminente em diferentes conferências relacionadas à via de laje, superestrutura ferroviária AV, problemas únicos em metrôs e bondes e custos de manutenção de ferrovias de alta velocidade, entre outros. Atualmente participa em diversos grupos de trabalho ferroviário e em comissões específicas do setor onde o seu trabalho tem sido reconhecido em diversas publicações técnicas. José Henrique Granados -
Master
Tempo integral
Meio período
12 meses
Inglês
Online
 

Concorra a uma bolsa de estudos de até 10 000,00 

Descubra as opções que a nossa bolsa de estudos pode te oferecer.
Structuralia
Alcobendas, Spain

Programa Módulo I: Políticas de Gestão Ferroviária e Conceitos Críticos de Construção Unidade 1. Projetos Ferroviários e Gestão da Qualidade Unidade 2. Financiamento da Infrae ... +

Programa Módulo I: Políticas de Gestão Ferroviária e Conceitos Críticos de Construção Unidade 1. Projetos Ferroviários e Gestão da Qualidade Unidade 2. Financiamento da Infraestrutura Ferroviária e Análise de Custos Unidade 3. Política Ferroviária da UE Unidade 4. Intermodalidade Unidade 5. Layout e Elevação da Ferrovia Módulo II: Construção de Infraestrutura Ferroviária Unidade 1. Fases geológicas e geotécnicas Unidade 2. A Plataforma e as Camadas Inferiores Unidade 3. Viadutos Unidade 4. Túneis Unidade 5. Movimento da Terra e Pequenas Obras de Alvenaria Módulo III: Instalações para Exploração Ferroviária Unidade 1. Operação e Exploração Ferroviária Unidade 2. Terminal de Passageiros Unidade 3. Terminal de Carga Unidade 4. Proteção Civil. Segurança e acesso Unidade 5. Serviços de Informação e Comunicação. Automação e Gestão Integral Módulo IV: Projeto e Construção do Sistema Ferroviário Unidade 1. Ferrovia Unidade 2. Eletrificação Unidade 3. Sinalização Unidade 5. Sistemas de Informação Módulo V: Aspectos Transversais da Gestão da Manutenção Ferroviária e Infraestrutura Principal e Técnicas de Manutenção da Via Unidade 1. Modelos e Planos de Manutenção Ferroviária. Operações e Exploração Ferroviária Unidade 2. Manutenção de Componentes de Infraestrutura Ferroviária Unidade 3. Manutenção da Superestrutura da Pista Unidade 4. Equipamento de Expansão, Controle e Supervisão de Soldagem Unidade 5. Acompanhar Avaliação de Qualidade Módulo VI: Técnicas de Manutenção de Eletrificação Unidade 1. Manutenção da Linha de Contato Aérea Unidade 2. Proteção e Manutenção Ferroviária Unidade 3. Controle dos Elementos de Suporte da Linha de Contato Aérea Unidade 4. Manutenção da Subestação de Tração Unidade 5. Resolução de avarias Módulo VII: Técnicas de Manutenção de Sinalização Ferroviária Unidade 1. Manutenção de Intertravamento, Blocos e Ctcs Unidade 2. Manutenção e Proteção do Circuito da Via Unidade 3. Manutenção de Passagem de Nível Unidade 4. Manutenção do Sistema (ATP - ERTMS) Unidade 5. Controle Remoto de Instalação de Segurança Módulo VIII: Técnicas de Manutenção de Sistemas de Telecomunicações Unidade 1. Meio de Transmissão: Cobre, Fibra Óptica, Sistema de Cabeamento, Microondas e Links de Rádio Unidade 2. Redes de Transporte e Radiocomunicações Unidade 3. Redes e Serviços de Dados Unidade 4. Redes e Serviços de Voz Unidade 5. Sistemas de Informação e Controle. Serviços multimídia e de valor agregado Sistema Ferroviário de Alta Velocidade Módulo IX: Singularidades do Projeto Ferroviário de Alta Velocidade, Construção e Técnicas Específicas de Manutenção Unidade 1. Infraestruturas de alta velocidade Unidade 2. Superestrutura Ferroviária de Alta Velocidade Unidade 3. Ferrovia de alta velocidade vs. Ferroviário Convencional. Principais Aspectos Diferenciais Unidade 4. Manutenção de Infraestrutura de Alta Velocidade Unidade 5. Manutenção de Superestrutura de Alta Velocidade Sistema de Metrô da Cidade Módulo IX: Projeto, Construção e Técnicas Específicas de Manutenção do Metrô da Cidade Unidade 1. Metrô da Cidade do Sistema Ferroviário da Cidade Unidade 2. Instalações Fixas: Energia, Sinalização, Entre Outros Unidade 3. Material Móvel de Metrô/Ferrovia da Cidade Unidade 4. Diferenças entre a manutenção do metrô/ferroviário da cidade e de outras explorações Unidade 5. Trabalhos de Manutenção Projeto Final de Mestrado Módulo X (MFP) O programa está sujeito a possíveis atualizações e upgrades de conteúdo Faculdade Diretor Mario Ferreiro Casal é Mestre em Engenharia Civil, com mestrado em Engenharia Civil e Especialista em Engenharia Ferroviária pela Universidade de Educação a Distância. É membro da Associação Espanhola de Transportes. Ferreiro Casal tem mais de 20 anos de experiência no setor ferroviário, especialmente em linhas de alta velocidade e metro/ferroviário urbano. Ele também possui amplo conhecimento de soluções de projeto e manutenção a serem aplicadas em sistemas ferroviários e participou de uma infinidade de projetos internacionais. Além disso, Mario participou do credenciamento e aprovação de importantes desenvolvimentos em materiais de pista. Ele tem sido um palestrante proeminente em diferentes conferências relacionadas à via de laje, superestrutura ferroviária AV, problemas únicos em metrôs e bondes e custos de manutenção de ferrovias de alta velocidade, entre outros. Atualmente participa em diversos grupos de trabalho ferroviário e em comissões específicas do setor onde o seu trabalho tem sido reconhecido em diversas publicações técnicas. José Henrique Granados -
Master
Tempo integral
Meio período
12 meses
Inglês
Online